Sexta-feira, 17 de Agosto de 2007

De volta de férias em Força...

[CoNtRa dOSsiEr], o apito Bermelho

 

 

 

Pois é, depois de ter estado de férias (do trabalho habitual) e ter entrado de férias novamente (num trabalho sazonal, os euros dão um jeitasso) cá estou eu de volta à minha rotina do blog, sei que ultimamente o tempo não tem sido assim muito, mas espero poder agora estar mais atento e sempre actualizado, uma vez que neste fim de semana que se aproxima inicia-se o campeonato. Mas hoje queria aqui deixar uma referência muito justa e sincera a um assunto da actualidade que directamente toca no nosso tão amado FCPorto. Depois de 1 ano e 4 meses de blog activo e mais de 20 mil visitas, é a primeira vez que vou aqui falar sobre o apito dourado e deixar aqui um ponto de vista que poucos jornais (ou nenhum) tocam.

O Processo apito dourado não é mais do que um processo que muita gente utilizou para denegrir e deitar todo o prestígio do FCPorto abaixo e de quem disso tenham dúvida é só acompanhar os telejornais (decentes e imparciais – SIC E RTP1, não falei em TVI!). Não me vou alongar a contar o processo e tudo mais, mas, neste últimos dias assistiu-se a uma saída da casca de Pinto da Costa, que no meu entender peca por tardia, mas muito inteligente, na entrevista à SIC Notícias, Pinto da Costa, falou o que muitos diziam mas apenas nas conversas de café, que o SLB e o “Orelhas” eram os principais interessados no Apito Dourado, mas o que mais parece é que não lhes interessa saber se houve ou não crimes cometidos, mas sim, que o FCPorto seja falado na comunicação social e nem sempre pelo que mais o destaca – as vitórias. Pinto da Costa, é sem dúvida um grande líder, e isso ninguém o nega, e só por isso merece o meu respeito como adepto e sócio do FCP. A crise do seu casamento com a Carolina foi explorada demais, e Pinto da Costa nada disse, e aí perdeu… porque neste país dos tais 6 milhões de Benfiquistas/Salazaristas quem não fala consente. Mas o que me fez escrever estas palavras é os novos documentos que deram entrada na Procuradoria Geral da República, onde desses 4 documentos, dois estão devidamente identificados, ou seja, quem faz acusações sejam elas quais forem, assume o seu pensamento/interpretação dos factos e é isto que faz toda a diferença, as declarações dessas duas pessoas, vêm dar cada vez mais razão a quem disse que esperava para ver no que isto ia dar, vai dar sim, vai dar o que a justiça tem de apurar. E muitas pessoas, pensavam que essas pessoas nunca viriam a lume dizer o que pensam e dar também o seu contributo cívico à justiça em nome de uma instituição que prestigia o nosso País. Por essa razão, espero que tudo seja apurado, seja para que lado penda a balança da justiça, mas desta vez, e para já, a balança está a pender igual para os dois lados, e isso é um bom indicio. Depois queria aqui deixar a minha solidariedade ao Blog do Blue Boy, que desencadeou uma corrente de pensamento sobre este assunto, para aqueles que não vêm o apito dourado pelo mesmo prisma da maioria. Por isso, por esta atitude sensata e correcta decidi hoje associar-me colocando na barra lateral o banner de ligação ao dossier apito bermelho. Aconselho uma visita regular para estar a par…

            Por isto tudo e por muito mais posso afirmar que esta nova fase do blog promete muitas mais emoções.

PS - Consulte aqui o dossier entregue na PGR, onde a "cabala" contra o FCPorto é desmontada.

 


Terça-feira, 3 de Abril de 2007

Tratamento de adeptos do FCP no "cesto do pão"

 

Relato impressionante e verdadeiro na primeira pessoa de como os adeptos do FCP foram recebidos no estádio "Cesto do Pão" 

A qualidade e excelência do amigo "paciente" Blue!!

"A entrada na bosta do cesto do pão…"

"Feita a aproximação do cortejo ultra, era hora de nos introduzirmos imediatamente a seguir ao primeiro grupo, caso contrário, correríamos o risco de entrar no ‘cesto do pão’ lá para os 15 minutos da 2ª parte… como sempre, fomos bem recebidos pela merda da organização lampiona, própria e digna de um clube de ciclistas com nome de bairro.

Já com tudo ao molho, primeira barreira de segurança e não é que o macambúzio do idiota do steward, sabe-se lá com que intenções e ordens superiores, começou logo por ‘tripar’ com o meu mano, Xeio_d_Xono porque o cachecol de tantas e tantas guerras com os escritos ‘Anti-Lampiões’ não apelava ao fair-play? E eram tantos e tantos a passar ali mesmo na nossa frente e na dele, mas o do meu mano, não podia passar… cabrão de merda! solução: recuo na fila de entrada e tentativa na outra passagem sem qualquer problema de maior… alguém me explica? Próxima vitima? moi même… não podia entrar com o isqueiro porque era considerada uma arma de arremesso com muito perigo… deixem-me rir, pode ser?... cambada de grunhos, digo eu!! Ao amigo Miau, pronto, o steward deveria ter algumas tendência gay e simpatizou com o batom do cieiro… tanta ridicularia que nem dá para acreditar… o resultado de tamanha revistas, tivemo-lo depois mais tarde durante o jogo… adiante.

Mais um ano, o mesmo tratamento de sempre! Segunda barreira de segurança e novos problemas com tantas e tantas barreiras metálicas a impedir o livre acesso dos adeptos
para a entrada 23… e eram ver centenas de adeptos a quase esmagarem-se para entrar em zonas que apenas cabiam um simples adepto de cada vez… deplorável e próprio de uma organização terceiro-mundista!.

Mas ainda não tinha acabado: faltava a terceira barreira de segurança e novos problemas com o amontoamento de centenas de pessoas a tentarem a toda a força e sem conseguirem sequer dizer um ‘uiii’ na ânsia de entrar para a zona dos torniquetes… nova confusão, novos problemas com a policia a tentar intervir e afastar os adeptos e cada vez eram mais, dado que outros iam passando a segunda barreira e juntando-se a este grupo da frente… moral da história: no meio de tanta confusão, e agora que me recordo ao escrever a crónica, acreditam que nem uma única vez me pediram para mostrar o bilhete?? acreditam nisto??? é a mais pura verdade!!!!

Depois de tantos problemas para entrar, finalmente estávamos todos lá dentro do estádio e justamente indignados por tamanho tratamento a que somos permanentemente sujeitos sempre que visitamos o «aido dos porcos».

Volto a repetir: Para um clube de merda, um estádio de merda e uma organização terceiro-mundista própria de quem está habituada a tratar assim os seus próprios adeptos!!

F
icamos localizados estrategicamente a meio do 3º anel, lateralizados e bem defronte para a baliza, onde fazíamos fronteira com os cabeçudos do parque aquático que estavam ali mesmo ao lado... óptimo local, óptimo local para assistir ao jogo… estava quase na hora."

O Blue já nos habituou aos magníficos artigos, sobre o nosso tão amado FCP, aqui fica para todos aqueles que queiram saber o que custa amar este nosso clube em casa dos "ranhosos"




ver perfil

seguir perfil

. 2 seguidores

Links " Azuís e Brancos "

Posts recentes

De volta de férias em For...

Tratamento de adeptos do ...

Links " Azuís e Brancos "

arquivos

Fevereiro 2009

Novembro 2008

Julho 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Tradução

tags

todas as tags